5.2.08

GRANDEZA E MESQUINHEZ

O dr. José Miguel Júdice, a mais recente aquisição moralista do PS, apelidou Marinho Pinto de populista e comparou-o a Chávez e a Mussolini. Mais. Acusou-o de querer ser um candidato de esquerda, a Belém, contra Cavaco. A cabeça de Júdice de há muito que já não é o que era, apesar de, como a de todos os narcisistas, continuar a estar demasiado apaixonada por si mesma. Júdice imputa a Marinho o que porventura lhe vai na alma. Júdice gostaria de ser candidato presidencial do PS, agora ou depois. Um homem com esta ambição não precisava passar pelo vexame de ser sócio de um restaurante de luxo que só paga quinhentos euros de renda e que chega a vender vinhos a mais de dois mil. A "grandeza" supostamente não devia ser mesquinha.

14 comentários:

Nuno Castelo-Branco disse...

Cinco tiros no couraçado!

aviador disse...

Mesquinha é a sua ligação entre o homem/politico e o homem/empresário.
Invejas à portuguesa.

Mas a situação do Eleven é repugnante e exemplar do muito que por aí pulula e o Publico não denuncia.

Mas a situação de quem bebe aquales vinhos ainda é mais aberrante.

E então se forem "artistas" sempre dependentes dos tais subsidios.

De qualquer modo Judice junta-se aos andropausicos Marcelo,Pacheco e Soares.( só para citar alguns)

Anónimo disse...

Júdice era uma figura interessante mas, como muito boa gente, passou-se...

O Eleven, a Quinta das Lágrimas e o escritório de advogados não são de facto compatíveis com a grandeza moral que advoga nos seus escritos.

Haja um Chávez que o mande calar!

Anónimo disse...

A recém conquistada posiçao de Júdice e a versão de Marinho, no caso Casa Pia, parece indiciar, que ambos disputam o mesmo poleiro, ou poleiros no mesmo galinheiro. Mas o aviário é pródigo...

Anónimo disse...

Ao comentar o seu post com minha mulher (sentada a meu lado) ouvi o seguinte:

"Quem paga vinho a esse preço é porque rouba e tem bons advogados para o impedir de ir parar na cadeia"

Há mulheres que dizem muito com poucas palavras. Sábias.

Anónimo disse...

Pois é: um dos sócios do "eleven" que paga 500 euros à CMl e que vai gerir a zona ribeirinha de Lisboa! Pelos vistos a autarquia lisboeta precisava de um Sá Fernandes que vá revelando os amus negócios que a CML tem feito em prejuízo dos munícipes. Por este andar, qualquer dia o dito vereador vai ser convidado a saltar da carrossa.

Anónimo disse...

Boas noites.

Esta petição serve para fazer força sobre a Associação de Futebol do Porto para a realização de Cursos de Treinador de Futebol Nível I, II, III, e IV (UEFA), coisa que já não faz há cerca de 2 anos.

Ajudar não custa e é para nós muito importante. Obrigado.

http://www.ipetitions.com/petition/cursfutebol

Anónimo disse...

Não concordo nada mesmo com as críticas a Marinho Pinto. Parece-me um homem bom que se atreve a dizer a verdade sobre o que se passa.
Quanto a Júdice, todos têm o direito de dizer disparates, sobretudo quando se passa (?) da direita para a esquerda, ou da esquerda para a direita. Mas no caso foi o seu hemisfério direito que falou.
Enfim, o ancestral medo de que o poder caia na rua. Mas este só cai na rua quando a injustiça é por demais gritante.

António Erre disse...

Porque se desviam todos os comentadores do seu justo, digamos, centro de ataque? Ora, eu acho que a Júdice não pode ser imputada falta grave sobre o valor da renda do Eleven. A menos que o sr. não a pague. Será por isso que há tanta indignação? Rendas em atraso?

Anónimo disse...

vale sempre a pena citar quem sabe" há muita fraca memória na politica na politica e nos politicos portugueses...passados 6 meses esquecem-se daquilo que disseram!!Jorge coelho dixit

Anónimo disse...

Sou um dos sócios do Eleven e, valha a verdade, não sabia que a renda era essa.
Parece-me um exagero. Vou ver se o Costa dá um jeito e lhe tira um zero.

Anónimo disse...

Como advogado que requereu a sua suspensão que sou, na minha vida profissional tive oportunidade de ter conhecimento de comportamentos eticamente reprovaveis por parte de ilustres causídicos associados do Sr. Judice... "Diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és".
Diz ainda o povo "Nem não rouba e quem não herda, não passa de merda". Se é certo que não há regra sem excepção, será o Sr. júdice a dita?
kraknut

Carlos Medina Ribeiro disse...

Já se percebeu que, se alguém disser que «há carteiristas no Metro», tem de estar preparado para ouvir uns tantos utentes nervosos a proclamar que, «se não concretizar nem provar o que diz, estará a chamar gatunos a todos os passageiros».

Claro que isso não teria pés nem cabeça, mas poderia servir para alguma coisa: pelo menos eu, se fosse às autoridades, começava por dar uma especial atenção a "esses tais utentes" mais nervosos...

Anónimo disse...

José Miguel Júdice já NÃO FUNCIONA!!!
Ou será que NUNCA FUNCIONOU???....

Até GORDO chamou a Marinho Pinto!!! Será que o JMJ, agora, também é Sócio de alguma clínica de Emagrecimento????....Já nada me admira....embora continue a INDIGNAR-ME com muita coisa....