4.9.07

DOS TEMPOS

Chego a casa depois de horas de atenção a quem me guardou menino e, uma vez, aquando da única intervenção cirúrgica que fiz até hoje. Na manhã seguinte, ao acordar morto de dores, estava na cama ao lado, vigiando sem desfalecimentos. Agora é a minha vez. A nossa vez. Por isso lamento alguns comentários anónimos que encontrei no post anterior e que, de tão grosseiros que eram, regressaram rapidamente ao lixo de onde brotaram. Nunca são esdrúxulas as palavras de Gore Vidal. «As pessoas mudaram; tornaram-se hostis ou, no limite, perigosamente impessoais. Dou-me conta de que talvez tenha mudado de tal maneira que as vejo tal qual elas são, tal qual elas sempre foram... no entanto, é possível que aquilo em que eu reparei mais cedo fosse a realidade e que aquilo que observo agora seja uma distorção inteiramente privada da realidade, embora, e de qualquer maneira, eu veja o que vejo: hostilidade e perigo. Tenho consciência de que a minha posição é exagerada e de que há gente inócua no mundo e, bem mais importante do que isso, muitos idiotas. Pelo menos, agradeço tamanha fartura.»

44 comentários:

Anónimo disse...

Gostava de ter comentado(tentei)o post anterior durante a tarde mas o pc não deixou; comento agora. Espero, Caro João, que não seja nada de grave. Nada de cuidado. Fico consigo, fazendo força para que tudo não seja nada.
Cumprimentos.
Joao Goncalves
Aos filh..........d p., deixe-os coitados...

Anónimo disse...

Gosto do texto de Gore Vidal. Encontro o que eu sinto nessas mesmas palavras.

batuta disse...

Desejo que tudo corra pelo melhor, seja lá o que fôr.

Que a ausência não seja grande.

Quanto à "racaille", é bom sinal. É sinal que os incomoda.
Cumprimentos.

Aladdin Sane disse...

Pois que tudo corra pelo melhor. São os votos deste freak-inofensivo pateta alegre (mais pateta que alegre).

CMC disse...

Caro João,
Que tudo corra pelo melhor e que a Saúde do ente querido se restabeleça como deve ser. Isso é o mais importante.

P.S.-Quanto aos comentários, que nem li, caso para dizer: perdoe-lhes e deseje-lhes as melhores, devem estar muito enfermos mentalmente.

Anónimo disse...

Que tudo corra bem!
Um abraço!

Anónimo disse...

Ao lixo não se presta atenção.
E que os seus problemas tenham boa e rápida solução.

MagudeMagude disse...

Também no sofrimento, sabemos, que nos conforta.
( que não seja nada de grave )

Maria Lua disse...

"As tempestades fazem os carvalhos lan�ar ra�zes mais fundas."

George Herbert (1593-1633)

PS - Vai correr tudo bem.

joshua disse...

No silêncio e no olhar mais denso e cúmplice, João, haverá respostas de ternura e presenças que salvam, suavizam e curam. Aquele Vínculo Divino impregne todo o teu tempo com e para.

Abraço

joshua

Combustões disse...

Caro João
Espero que corra tudo pelo melhor e que recuperação seja rápida.
Um abraço
Miguel

Anónimo disse...

As melhoras da senhora tua mãe.henrique

Arrebenta disse...

Não sei o que passa, mas coragem, João... "ISSO" é sempre mau :-\

Anónimo disse...

Trata-se de gente zangada com a vida cinzenta e taciturna que leva. Sem sensibilidade e respeito pelo próximo. Rebolam-se de prazer arreliando-o. Há volúpia, catarse e maldadezinha.
O sistema informático que uso profissionalmente tem a tecla ideal para o caso presente: IGN.

As melhoras!

Anónimo disse...

Confiança em Nosso Senhor e na Sua Santíssima Mãe. São os únicos que nunca nos falham e que estão sempre ao nosso lado.

Aprecio geralmente as suas posições (quando não, tenho-o dito com frontalidade).
Mesmo sem o conhecer pessoalmente, desejo - neste momento em que me parece que passa por alguma angústia - que Deus lhe dê forças para vencer as contrariedades da vida.

Pitucha disse...

Bonito texto.
Que corra se passe bem, João.
Beijos

Anónimo disse...

É por esses não raros comentários anónimos em que a frustração de alguns é "vomitada" sobre o autor do blogue, que o João deve "activar" mais intensamente o seu legítimo direito de censura.

Anónimo disse...

Meu caro João Gonçalves, nós, as pessoas de bem, estamos consigo.
Aos "grosseiros", que Deus lhe perdoe!

Um abraço deste anónimo, que o respeita e admira.

Anónimo disse...

que volte breve e, que não seja nada de mais.
quanto aos comentários de baixo nível ainda bem que não os vi!

um abraço e força
pedro oliveira

Anónimo disse...

João,

Espero francamente que esta seja apenas uma fase menos boa e que a saúde da tua mãe melhore rapidamente. Quanto ao resto, não ligues ao que não tem importância. Melhor que ninguém conheces o país que temos...

Forte abraço!

P.Rapoula

Anónimo disse...

A grosseria parece que veio para ficar:há que tratá-la como merece.

Anónimo disse...

Leio o seu blog sempre com alguma irritação, que suspendi quando vi o seu post atencioso, desajeitado e alguma coisa aflito, onde se adivinhava a doença de um dos Pais ou próximo parente.
Decretei tréguas e desejei que tudo corresse bem.
Que tenha havido quem aproveitasse para exibir hostilidades eis uma triste coisa. Eu, no entanto, publicaria esses comentáriosou parte deles, para ilustração de pessimismos.

Anónimo disse...

entao mas o' joaozinho tu e's dos imbecis mais impessoais q ha na blogosfera!e agora censura isto o' fdp!...

António P. disse...

Boa tarde João,
e desejos que a recuperação de quem gosta esteja a correr bem.
Independentemente do desacordo com muito do que escreve acho bem que trate os idiotas que para aí escrveram (?) com insultos da maneira adequada.
Cumprimentos

rei dolce disse...

Caro joão,

que tenha força e paz, para os momentos que passa.

quanto a essa "gente", olhe na minha terrinha há quém utilize esta frase,
" entra a 100 e sai a 200".

Abraço

Carlos Sério disse...

Um abraço solidário.

Anónimo disse...

João

Desejo-lhe do coração que ainda viva por muitos anos...

Beijinho

Regina Sutre

Zé Luís disse...

Dos tempos e a tempo, João.
Como vivo presentemente um problema idêntico, solidariedade reforçada.
O resto, nem dei conta... E em nome da boa higiene, o bolde do lixo está à mão.

Anónimo disse...

Neste como noutros blogs, vozes de burro não chegam ao céu.

Anónimo disse...

Não deixe que o magoem, é a única resposta a esses "doentes"!Há e haverá gente que tem no mal dos outros o único prazer que conseguem tirar da vida.

Eu só me preocupo com o que pensam de mim as pessoas que considero.

As boas melhoras é o que lhe desejo.

Anónimo disse...

Volte depressa com o menor sofrimento possível. A sua lucidez faz falta. Que tudo corra pelo melhor.

Mar Arável disse...

aguardo seu regresso

e se me permite um abraço de conforto

fernando viegas disse...

Caro João

Fica aqui também o meu desejo de rápidas melhoras e a expectativa que o Portugal dos Pequeninos regresse rapidamente e em força, como é hábito.

De um leitor quase diário.

Pedro Correia disse...

Um abraço, João.

luikki disse...

solidariedade!

escória-porco disse...

Boa noite caro João Gonçalves
Não comentei o post anterior, exactamente para respeitar a sua ausência. Depois do que conta, só posso dar-lhe um abraço de solidariedade. Ao fim e ao cabo "proprietário" e "comentadores" deste blogue já são uma espécie de família. Que tudo corra pelo melhor.

Anónimo disse...

Retribuir o bem a quem nos fez bem é o que distingue os homens das bestas. Que recupere depressa para termos a sua perspicácia e desassombramento com a regularidade a que nos habituou. ANL

Anónimo disse...

Permita que deseje as rápidas melhoras do seu ente querido.
Quanto aos idiotas que por aqui deixaram grosserias, aos que ainda tiverem recuperação, é de desejar rápidas melhoras também; aos outros, vozes de burros não chegam aos céus e até há uma teclazinha do computador que resolve o problema.
Cump.

Unknown disse...

Amigo João, peço desculpa por só agora enviar o meu comentário.

Bom regresso e rápidas melhoras. O seu modo de estar na vida e o modo como se expressa obrigam-me a pensar a vida, mesmo quando discordo da sua opinião.

FORÇA!

Um Abraço.
Nuno.

dragão disse...

Caro João,

não preciso de recomendar coragem porque sei que a tem mais que bastante. Ânimo e esperança são o melhor remédio para as tribulações desta vida.

O resto é ruído.

Anónimo disse...

querido joão,

tantos beijinhos para a tua mãe e muitos também para ti

anaps

André Carvalho disse...

Um abraço e que corra tudo pelo melhor.

�ltimo reduto disse...

Caro João,
Não o conheço e não sei o que se passa, mas seja lá o que fôr que corra pelo melhor!

AC disse...

A vida tem destas coisas. Votos sinceros de restabelecimento, creio que, de sua mãe.
Abraço.