8.4.11

UM PATRIOTA

O César açoriano, mesmo nas actuais circunstâncias, continua a desafiar a unidade nacional. Desta vez alargou a "remuneração compensatória" dos funcionários regionais às empresas públicas regionais como fórmula chico-esperta de contornar os cortes salariais em vigor. Um patriota, este pequenino déspota local. E uma prova viva do estado a que isto chegou.

14 comentários:

Anónimo disse...

Mas que ser verdadeiramente repugnante...

Pedro Ferreira disse...

AS RATINGS QUE NÃO SÃO DISQUERDA

Um tal Reis de Coimbra, que esteve no desgraçado governo de Guterres (há dois séculos...), mai-lo Pureza do bloque e outras aves, atiraram-se às Agências Rating.

Que fizeram elas?

Manipulam taxas de juro, são possuídas por casas de investimento interessadas nas flutuações, procedem a abusos de posição nos mercados.


Todos disquerda, todos contra essa "corja" de capitalistas, que esfumaram o sonho do menino de oiro a quem deram o brinquedo de S. Bento animado de magalhães, de pontes e tgv's.

Taditos na sua imensa tristeza e revolta.

Ainda há dias o Zé Reis dizia à madama Fati dos Prós que era preciso mudar o paradigma de Bruxelas, era preciso voltar a uma economia para as pessoas, etc e tal, tudo coisas ainda não ditas por homens e mulheres disquerda.

Uma chatice estas ratings que estragam os sonhos dos reis que sonhavam ser admirados como funcionários publicos per omnia saeculo saecolorum, saltarem das universidades, para as CCDR, das CCDR para Secretários de governos de fugir, depois para umas missões com ajudas de custo à fartazana, sempre sempre disquerda.

Uma chatice para estes pinsadores.

Abaixo as reitings que não são disquerda.

Mani Pulite disse...

A CÉSAR FALTA-LHE O SEU BRUTUS.ACHO QUE O RICARDINHO CUMPRIRIA BEM ESSA FUNÇÃO...

Floribundus disse...

enfiava-lhe u missil 'patriot' pelo olho do cu

independência imediata das ilhotas

Anónimo disse...

Se os Açores têm o dinheiro, tem todo o direito de fazer o que quiser com ele segundo as promessas que fez aos açorianos. O mal está noutro lado.

lucklucky

Aires Vilela disse...

Lucklucky,

Têm o dinheiro, como? Tirado de alguma fumarola?

Cáustico disse...

Se a mãe não tivesse parido semelhante estafermo, teria de ser inventado. E inventar é predicado forte da quadrilha do Rato. Porque a genealidade abunda por lá. Sempre que as coisas não vão de feição para o grande canalha, o poder de tal quadrilha começa logo por ganhar evidência. Os canalhinhas actuam de imediato para tentar apagar, dissimular, adulterar os factos que denunciam a canalhice do chefe. Vão mais longe, conseguindo que homens que deviam de ser verticais no país e mesmo no estrangeiro, se apressem a branquear a actuação do canalha, a troco de um mísero prato de lentilhas.

Anónimo disse...

Além dessess funcionários, a criatura subsidiou, com dinheiros públicos, o pateta Alegre, outro «doutor» como ele próprio.

JMMJ disse...

OS CÉSARES DESTE PAÍS (?)SÓ TÊM A EFÉMERA IMPORTÂNCIA QUE TODOS NÓS LHES ATRBUÍ-MOS.DE QUEM É A CULPA?!NÃO SE LHES PRESTE SEQUER ATENÇÃO,TRATEM-SE COMO NÃO ENTIDADES E,EXTINGUEM-SE,DESPARECEM.

Anónimo disse...

"Têm o dinheiro, como? Tirado de alguma fumarola?"

Não são transferências do Orçamento e impostos, taxas colectados*? Depois o que cada político eleito pelo povo faz com o Orçamento é lá com ele e os seus eleitores.
Ou vai-me dizer que a política da Câmara de Lisboa é igual à do Porto e todos têm as mesmas políticas de salários e gastam tudo na mesmas coisas?

*Se conhece as minhas opiniões sobre impostos sabe que sou um radical contra impostos - 20% flat rate máximo e único imposto- mas não é isso que está em causa, o que está em causa é a liberdade de cada terra ou região gastar conforme achar melhor, não o nível de impostos.

lucklucky

Aires Vilela disse...

Felizmente para si, lucklucky, a patetice não mata nem paga imposto.
Vá bugiar!

JMMJ disse...

POR FALAR EM PATETA ALEGRE...TÃO OPINATIVO QUE ANDAVA HÁ POUCOS MESES,CHEIO DE SOLUÇÕES,AONDE É QUE SE METEU?TAMBÉM É DOS QUE NÃO TÊM OPINIÃO SOBRE TODA ESTA TRAMPA?

Anónimo disse...

Ou seja sem argumentos Aires Vilela.

JMMJ é uma pena o pateta Alegre não ter sido eleito. Teríamos divertimento garantido.

lucklucky

Pensamento em revoluçao... disse...

César está para os Açores como João Jardim está para a Madeira...
fazem o que lhes dá na telha e o continente malvado que pague!
A nossa infelicidade é que não tenhamos aqui um politico que nos faça rir, como eles fazem rir os islanders!!
Só temos narcisistas e múmias que deveriam estar numa casa de loucos!!