22.4.11

FAÇAM FAVOR


No dia 5 de Junho não concorrem cem pessoas - nem o "compromisso" do dr. Barreto - ao cargo de 1º ministro. A opção - paupérrima e eloquente, sem dúvida, porém real - é entre continuar Sócrates (um voto a mais e ele jamais abdicará de continuar perante Belém, São Bento e o mundo, sem querer saber para nada das condições em que continua) ou Passos. O resto (o programa) é outorgado de fora. Continuar a dar voz a estimáveis "vultos" como António Capucho (em 1985, na Figueira da Foz, estava com Salgueiro e Balsemão para, como que por milagre, se passar para Cavaco quando percebeu que este levaria a melhor, chegando a líder parlamentar e a membro da comissão permanente logo em 85) e à indignação das suas vaidadezinhas paroquiais, é dar votos a Sócrates. Mais. Este PSD, de tartufos permanentemente indignados e autofágicos, é herdeiro (alguns ainda estão vivos mesmo que pareçam mais mortos do que outra coisa) do PSD de 1978 e de 1979 que reputava Sá Carneiro de louco. Até formaram um grupinho parlamentar autónomo que as "intercalares" de 2 de Dezembro de 1979 mandou adequadamente para casa, optando o "povo" pelo "louco". Passos é fraquinho mas é um sintoma da debilidade geral do regime e dos partidos. Não é atípico. Comete erros, rodeia-se de vermes que não são porém mais vermes do que os vermes de Sócrates, estes com provas dadas diariamente nos últimos seis anos. Todavia é Passos quem aí está para dar a cara contra Sócrates no dia 5 de Junho (não são os "vultos") depois de ter sido escolhido pelos militantes do seu partido onde tão enojada gente pulula como chatos púbicos sem remédio que os liquide. A primeira fase da nova legislatura começa por aí e pelo aperto, sendo que este conduzirá à segunda, presumivelmente sem nenhum dos protagonistas principais do 5 de Junho. Passos Coelho não (me) entusiasma. Se, no entanto, preferem continuar a ser "entusiasmados" por Sócrates e pelos seus animais amestrados de quem até já Teixeira dos Santos se afastou, façam favor.

6 comentários:

Anónimo disse...

Dou razão às razões de JG, embora a mim, pessoalmente, me desagrade votar sem ser pela positiva, i.é, "apenas" para que o licenciado a um Domingo nos largue a braguilha.

E o dr. PPC mais a sua entourage não me fazem de todo votar pela positiva.

Que o dia de reflexão me valha...

Anónimo disse...

Parece que o bom senso vai imperar... Em tempos fiz um comentário neste blog a propósito da escolha de Passos contra Rangel no PSD. Apesar da minha preferência ir para Rangel, dava o benefício da dúvida a Passos. É o que vou fazer no 5 do 6. É que não tenho dúvida nenhuma que o dito cujo é bem pior. Até no Jerónimo votaria se fosse para correr com o só-cretino, ou não fosse eu "PC".

PC

joshua disse...

Eis a questão axial do voto neste perigoso ano de 2011.

hajapachorra disse...

E era tão fácil varrer a trampa socretina e a poia epónima... Até dói ver como os labrostes peessesdês conseguem perder para o justamente odiado doutor josé sócrates. Mas há que aprender: a luta entre gente desqualificada acaba sempre com a vitória do mais amoral.

João Sousa disse...

Não concordo por inteiro com a expressão "(...) de quem até já Teixeira dos Santos se afastou." Se este se quisesse afastar, tê-lo-ia feito há muito tempo. Não foi há um par de meses que Sócrates enlouqueceu e a sua quadrilha se percebeu composta por canalhas. Teixeira dos Santos foi, isso sim, usado como bode expiatório e saneado a bem da imagem do golden-boy. E pelo que parece, a mistificação está a dar resultado.

Pensamento em revoluçao... disse...

concordo com João Sousa...
o socrates é perito em magicar bodes expiatórios!!!!
e o people é perito em acreditar nele!!!! MY GOOD!!! Ate quando???
Ao que parece, ouvi dizer, consta-se, que há outros partidos para além do centrão!!!!
Nem que seja o voto nulo...
Gostaria que os portugueses chocassem os politicos...
assim veriamos na televisão "Quem ganhou as eleições foram os votos nulos e o povo descontente e farto de tanta "fantasia"...