15.3.10

OS AUTUADORES


Aquela medonha ASAE, do sr. Nunes, decidiu fazer prova de vida a pretexto do "dia mundial do consumidor", uma dessas parvoíces generalizadas como o dia do pai ou da mãe. Andam por aí a mandar parar transportes de comidas - ou de coisas para fazer comidas - e a "autuar" que é o único verbo que sabem conjugar. Amanhã estará tudo na mesma uma vez encerrada a acção "emblemática". Não é por muito "autuar" que se mudam hábitos e "tradições", sendo que a badalhoquice é uma das nossas mais jubilosas e exportáveis, como conservas, de entre elas. A ASAE apenas procede a uma mera encenação. Começou com os cigarros e ditou um respeitinho de circunstância muito aplaudido por meia dúzia de enjoados pseudo-chiques. Não mudou a natureza do esterco que é tudo isto.

7 comentários:

Alex disse...

A ASAE não está a exercer as funções para que foi criada?

radical livre disse...

ainda vão multar Marc Chagall
por não ter levado ao veterinário
"a vaca com sombrinha"

Anónimo disse...

Há Mar e Mar e há ir e voltar.

Mas há certas actividades de fiscalização que tendem a uma indústria punitiva fruto de um excesso de regulamentação que acaba por encarecer e até mesmo baixar a qualidade dos produtos.

Nuno Castelo-Branco disse...

O que não mudou é a escandalosa caça à multa. O descrédito da autoridade do Estado saqueador é total. Aproveitem enquanto podem porque talvez vão todos parar à Tunísia. Mais cedo do que imaginam.

Alex disse...

Da forma como entendo, a ASAE estará a certificar-se que a legislação vigente está a ser cumprida para bem dos consumidores. Se a lei for cumprida, não há que recear as multas. Não é este um organismo que nos protege como consumidores? Pão sem estar em sacos de plástico? Peixe em condições de congelamento indesejáveis? Um comentador referiu-se a aumento de custos, mas se não haver fiscalização escrupulosa, corremos o risco de várias intoxicações alimentares, por exemplo. Em tais circunstâncias, as pessoas poderão recorrer aos serviços hospitalares, o que representa custos. E custos para quem? É um ciclo vicioso.

João Gonçalves disse...

Pena V., Alex, não ter uma , ligeira e inofensiva, para ver se se cala.

Alex disse...

Não compreendo o seu antagonismo relativamente aos meus comentários. Achei que este fosse um blogue aberto a todos. Vejo que me enganei. Lamento. Talvez as opiniões expressas em relação ao senhor não estejam assim tão erradas. Sairei tal como entrei.
Os meus cumprimentos.
Alexandra