26.1.09

O DOSSIÊ FLAMINGO


Sobre Rui Gonçalves - ex-ajudante do então ministro do ambiente de Guterres, e as relações entre ambos (e não só), já que tem sido a única criatura a "recordar-se" de qualquer coisinha sobre o processo de licenciamento do trambolho e a ZPE -, este post de Pedro Almeida Vieira. E sobre o papel da investigação jornalística, este.

3 comentários:

Anónimo disse...

É comovente a quantidade colaboradores dispostos a sacrificarem-se pelo querido líder. Só vejo paralelo nas viuvas que se atiravam para a pira para morrerem com defunto.

Anónimo disse...

O que salva esta cambada de pulhas políticos é o comodismo, é a falta de espírito crítico, o apego ao não te rales, o princípio do deixa correr, a ideia, existente na cabeça de muita gente que sabe coisas, de ser preferível estar calado para não levantar problemas.
E com tal procedimento só beneficiam uns crápulas indecentes.

Portaria59 disse...

Visite o blogue: http://portaria-59.blogspot.com/ e veja como se fazem portarias ilegais em Portugal