16.1.09

NOUTRA ENCARNAÇÃO


Aquelas almas penadas que andam por aqui ou nos media a carpir a favor do governo e do PS, nem tugiram nem mugiram acerca das acusações que Cadilhe também produziu no parlamento contra a decisão, meramente política, de nacionalizar o BPN. Isto quando a administração de Cadilhe estava a fazer o que Constâncio não fez. Repare-se tão somente no silêncio que se abateu sobre o tema (a comissão parlamentar não conta evidentemente para nada) depois de se ter pretendido crucificar tudo e todos os que, próxima ou remotamente, tiveram algo a ver com governos presididos pelo actual PR. Ainda um dia será contada a verdadeira história da nacionalização do BPN. Noutra encarnação.

7 comentários:

Lina A. (GJ) disse...

Contado por quem? Noutra encarnacao serao os mesmos noutros lugares. E mais, se viverem muitas vidas continuamos tramados!

Anónimo disse...

Exactamente, a verdadeira história. Essa é que era da máxima importância saber-se o quanto antes. Mas isso...
Maria

Anónimo disse...

Como quer o João que eles piassem?
Se os Off-shores falassem...
Onde pensa que se manobram os financiamentos ilegais dos partidos?
Onde pensa que têm os democratas as suas pequenas economias de milhões?
Onde pensa que depositam as luvas?
Onde pensa que são depositados capitais do Estado que rendem taxas de juro ocultas,pataca a mim,pataca a ti?
Onde pensa que...etc,etc,etc?

A democracia de abril está finalmente consolidada!
O processo de carneirização está concluído.
Os portugueses já tanto se lhes dá serem ou não roubados e enganados.
Haja bola e telenovela,pinga com fartura!

joshua disse...

Tal silêncio mortal merece-nos um grito mortífero: nas mãos do PS está o Banco de Portugal e a sua conveniente sonolência, a CGD para dar de comer aos amigos mesmo depois de transplantados para o BCP, o BCP para contrabalançar a Opus Dei e agora o BPN arrastado, com o seu abismal buraco, para o âmbito da CGD para brincar à Reserva Federal Norte-americana.

Miséria! Tanto poder concentrado nas manápulas enclavinhadas de este PS Maçónico, no sentido degenerado do termo e já não no de que fala José Adelino Maltez, para tudo começar a ruir em breve graças a tão pútridos fundamentos e a tão prolongados desmandos!

Dez anos de PS aguçaram-lhe a gula pelo Poder Absoluto [e mais Controleiro, com pérfido deprezo pelas pessoas e desdém pela inteligência dos cidadãos] aquele que corrompe absolutamente, e agora, com a singela mãozinha das circunstâncias ou um pteleco delas, há-de ir tudo pró escaqueirado em cacos. É a vida! Porreiro, pá!

PALAVROSSAVRVS REX

fado alexandrino. disse...

VPV ontem foi taxativo.
Num país democráticamente livre este assunto dava prisão.

Pedro Barbosa Pinto disse...

Não querendo que lhes falte nadinha e testemunhando o prazer que demostram em lamber cus, faço votos sinceros de que reencarnem como cães para que sempre que o chefe esteja fora, se possam entreter a lamber-se a eles mesmos.

Anónimo disse...

Miguel Cadilhe deve saber quem eles são. Só não os pode divulgar por causa das consequências.
Não se esqueçam do aviso daquela besta política que está na Mota-Engil: Quem se mete com o PS leva.
Só lamento é que não venha por aí um raio que os parta a todos.