14.2.06

UNS TÊM, OUTROS NÃO


"É preciso terminar com esta fábula de que é necessário procurar o diálogo com estas pessoas. Querem humilhar-nos. É tudo. É necessário terminar com esta tendência de baixar as calças e com as distinções hipócritas entre Islão terrorista e Islão pacífico."

5 comentários:

Arrebenta disse...

Evocação da Imperatriz Farah Diba Pahlavi
(a propósito do aniversário da monstruosa praga da Revolução Islâmica)

De cada vez que ela se deslocava de Teerão, para visitar as Vanguardas, em Nova Iorque, havia 100 000 marias cavaco silva que se deitavam no chão, para evitar que ela empoeirasse os sapatos de salto, ao descer do avião.
Eras.

http://braganza-mothers.blogspot.com

João Pinto e Castro disse...

Dentro da mesma linha de raciocínio, poder-se-ia também acabar com a distinção entre italianos inteligentes e italianos estúpidos.

Anónimo disse...

Mas se o ilustre PM italiano tem os tomates de quarentena até ás eleições, como é?

Anónimo disse...

Excelente este comentário do arrebenta!

Anónimo disse...

Calderoli,então?O da Lega Nord, o que vai usar t-shirscom as caricaturas de Maomé?
Les bons esprits...