16.7.07

DA MEDIOCRIDADE


Viu-se ontem, com o "povo" do Altis. Por que é que o senhor presidente em exercício não o exibe nos fora europeus em que vai passar a vida estes seis meses? Ou só os Júdice e os Salgados da vida videirinha é que são exibíveis? Ou os vereadores eleitos em Lisboa que já se dizem "disponíveis" para o dr. Costa quais "meninas de programa"? A elite merece o povo que a saúda e vice-versa.

18 comentários:

Publicador-mor disse...

Caro Sr. João Gonçalves!

Enfrentemos o mundo e este país de opereta com o humor.
Na província, aqui, também tentamos riri para não chorar
Visite http://bnoticiaspenacova.blogspot.com

Cumprimentos,
Director

cadeira do poder disse...

Por alguma coisa este Governo tem respeito, quanto mais não seja pela "Velha Senhora".

Xico disse...

Aqule discurso ao ar livre do alto do autocarro, para dar a impressão de uma grande manifestação, foi a coisa mais ridícula que alguma vez vi. Para ópera buffa estava muito mau...

Anónimo disse...

Oh dr. Gonçalves! "forae"? Então não sabe que o plural de "forum", como neutro que é, é "fora"? E se não estudou latim,como infelizmente a maioria dos nossos "cultos", não cite nessa esplendorosa lingua. Entretanto corrija,que ainda vai a tempo...

Luís Bonifácio disse...

Recentemente tropecei com estas placas toponímicas em pleno Alentejo profundo.

http://novafloresta.blogspot.com/2007/07/em-portugal.html

Será que não as retiraram há 30 anos porque não queriam gastar daqui a poucos anos o dinheiro em iguais?

MJP disse...

Essa ideia de exibir aquele povo junto dos responsaveis europeus é de gargalhada.
Aquele povo só serve de degrau para chegar ao poleiro e de guardanapo, depois de comer.

Anónimo disse...

O descaramento é de tal sorte, que o PM sr. Sócrates e o eleito sr.Costa, "festejaram aos abraços" os votos de 58.000 eleitores no âmbito de um corpo eleitoral de 524.000. Com quase 5% de brancos e nulos.
Nem sequer já se pede que o Presidente da República levante as pálpebras :
- "Morituri te salutam" !

obsrtvador disse...

Cara Cadeira,

"a VELHA E CAQUETICA SENHORA" fazia o mesmo, para seu gláudio, não tendo jornalistas por perto, para oscultar os corações das gentes.

E quem vê manifestações, não vê corações ....

Anónimo disse...

..um povo que, como se viu, nem sabia ao que vinha....e vinha de longe, em autocarros postos à disposição....e o povinho, desde que haja passeio, comidinha e bebida, aceita, ora essa! Seja lá para o que for!

É verdade: MEDÍOCRE este povo que nada aprendeu!!!!!

Anónimo disse...

Oh anónimo da 1:22:

Velho=trapos
caquético=tomara você!
Senhor= é Verdade: Um SENHOR!!!

"Quem vê obsrtvador não vê qualquer masssa cinzenta!"

JP disse...

Sr Luís Bonifácio:posso perguntar-lhe em que localidade do Alentejo ficam essas placas?So podem ser (julgo) no Alto Alentejo, Zona de Alcácer, Torrão...etc.Pode confirmar-me por favor?

obrigado

João Pedro

obsrtvador disse...

Caro Anónimo das 11:29 AM,

É só para dizer que o Povo Portugês não é, de maneira nenhuma, mediocre, pelo que aprendeu todos os defeitos do "Senhor feitor".

Doutra maneira, como consegue justificar os estado a que isto chegou, sem ser pelos ensinamentos, (muitos que nos governam e governaram fizeram, sob a asa veneranda, a escola, liceu e faculdade (independente?)....) de tão Venerando Feitor?

Anónimo disse...

Dada a ultrapassagem deste post por todos os outros,já não servirá de muito a minha insistência. Porquê citar em linguas que bem ou mal se desconhecem? O seu comentador anónimo das 12.22 lá se sai com outra calinada. Não é "te salutam" mas obviamente "te salutant". Quanto ao "fora" registo e aprecio, em nome da sombra de Virgilio,a sua correcção...

Anónimo disse...

Dada a ultrapassagem deste post por todos os outros,já não servirá de muito a minha insistência. Porquê citar em linguas que bem ou mal se desconhecem? O seu comentador anónimo das 12.22 lá se sai com outra calinada. Não é "te salutam" mas obviamente "te salutant". Quanto ao "fora" registo e aprecio, em nome da sombra de Virgilio,a sua correcção...

R disse...

Anónimo das 10:09 (obsrtvador)

O que esse Venerando Feitor foi tudo aquilo que ainda hoje existe e perdurará e que tão querido é dos nossos políticos: a Ponte Salazar..., o Aeroporto da Portela...., o belo edifício do Ministério da Justiça.....,os hospitais Santa Maria em Lisboa...., o São João do Porto.... e tantos outros por esse país foraas escolas primárias por muitas e muitas aldeias que, hoje, o PS encerra e tanta dificuldade causa aos seus habitantes...., a TV com os seus programas educativos, culturais: teatros excelentes, concursos, os progrmas do João Vilaret, do António Homem de Mello, Vitorino Nemésio e tantos outros..., etc, etc, etc!

Hoje...de bom, só pequenas imitações!!!!!

obsrtvador disse...

Caro r das 10:28 AM

A obra do Feitor resume-se:

- A Ponte Salazar sempre se chamou "Sobre o Tejo", mas graças ao Prof. Cavaco passou também a ser conhecida por "25 de Abril" para ser distinguir da Outra;

- O Aeroporto da Portela, seria bom se não tivessem deixado construir a Cidade de Lisboa para cima dele.

Daí o problema que temos.
Até tiverem o cuidado de por o Metro longe. Brilhante!

- O belo edifício do Ministério da Justiça PLENÁRIA ....

- As escolas primárias por muitas e muitas aldeias.
Pois, mas como justifica o Tremendo analfabetismo que produziram? E o abandono escolar? Em 40 anos de poder não conseguiu fazer melhor?

- E Censura, que caso não existisse, teria ainda dado melhores Programas, e reduzido o analfabetismo.

Anónimo disse...

Anónimo da 1:37: o que as pessoas fazem com as obras...é obra dos políticos de hoje, que não só quiseram estragar o que de BOM havia e era muito!! O que de BOM mesmo que temos, é o que nos legou o Prof. Salazar! Se o povo era analfabeto....era fruto dos tempos; no resto da Europa, à época, os europeus também não eram assim tão alfebatizados como nos querem fazer crer!!!!

observador disse...

Caro 5;03 PM,

O problema era que os Europeus eram "um bocadinho mais" alfabetizados, desde á muito tempo, Christiesen Andersen(?)dos contos infantis, por exemplo, só chegou onde chegou com apoio, e o Sr Feitor não fez nada, a não ser obras de fachada à portuguesa, para alterar esse estado de coisas.

Pelo contrário, com a Censura e perseguição a académicos que o afrontavam, promoveu e continuou o analfabetismo.

Quanto BOM que fez, temos, sem dúvida, os políticos, gestores, directore gerais, etc, formados no tempo dele, pelo que, no seu entender, presumo que devem ser óptimos.