25.3.06

HOUSE DOMÉSTICO

Quase três anos depois de ter começado esta aventura bloguística, decidi convidar dois amigos de diferentes gerações para "enriquecer" o Portugal dos Pequeninos. Este é um blogue livre e "liberal". Eles escreverão o que quiserem e como quiserem. Eu continuarei na mesma, uma espécie de House com uma pequena equipa. Pode ser que venham mais.

7 comentários:

Anónimo disse...

daquilo que já vi,Greg House é uma pessoa Genial no entanto irascivel.é assim que devemos considerar o joão gonçalves

João Gonçalves disse...

É.

Caminhante Solitário disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Gostei, sobretudo da imodéstia da comparação.

Caminhante Solitário disse...

Fiquei ligeiramente surpreendido, embora extremamente contente com estas "novas aquisições". Acho que vão beneficiar o próprio blogue, “desconcentrando” as opiniões e dando, possivelmente, uma maior atenção para com os comentários e para com o “lançar da discussão” que, no fundo, é o que enriquece um blogue.
António: Os meus mais sinceros parabéns e as maiores felicidades nesta tua participação no Portugal dos Pequeninos. Deixa-me só dar-te um conselho: continua, sempre que possível, a escrever no teu blogue pessoal. Sei que irás ter menos tempo mas acho que não deves deixar o “Ohpestotira” morrer… Abraço e Parabéns

Anónimo disse...

... se alteração houve, é porque o “autor” assim o entendeu
... se foram estas pessoas as “escolhidos” é porque poderão vir certamente, “enriquecer” a já “excelente” qualidade deste BLOG
... continuarei como até aqui
... ora “participando”
... ora somente “consultando” dado que muito tenho “aprendido” e, muito mais tenho a “aprender”
... vou “acreditar” na mudança
... se bem que
“ Todas as épocas de mudança são irremediavelmente épocas de
crises de inteligência”

... que sejam bem vindos

Anónimo disse...

,,, ora bem, está bem VIVO desse lado!
... que bom ter tomado em consideração os vários comentários aobre a sua “desistência” e, muito particularmente “os” relativos ao seu “POST” – “C’EST TOUT” – 6/2/06
... e, em especial o de António Leite-Matos
... e, quem sabe o de alguns “anónimos” ...
... assim, cada vez mais acho que

“A “emoção” é necessária para a concretização da “acção”
.... pois
“A vida é um palco cuja peça que representamos é o nosso espelho”
(Eu)
... mas, quem sou “eu”? Nada
... parabéns

e, ainda, porque não “pegando” no “Poema” de Mário Cesariny e, a ouvir as interpretações de Ney Mato-Grosso
- “Quem sabe” – Antº Carlos Gomes e,
- área de ópera, do “Pescador de Pérolas” – Bizet - “Mi par D’udir ancora”
e, outras deste album bem “sensual”

“Tu estás em mim como eu estive no berço”
... como teia que teço
... como momento de grande apreço
... como efecto que não esqueço
... como amizade que enalteço

“Como árvore sob a sua crosta”
... como folha que lhe pertenço
... como flor de aroma fresco
... como a sombra que me envolve
... como abraço terno e forte
Quais raízes bem profundas
Qual tronco de grande porte

“Como o navio no fundo do mar”
... onde o silêncio reina
... onde a tua alma se deleita
... onde o teu olhar me aceita
... onde o teu corpo de forma perfeita
... seguro e pleno, dança
... música ... ao teu jeito
... entre algas, de cores e formas várias
... e, de perfume por ti eleito

... “até logo”, “até sempre” ou até ao “email”