2.12.10

«E IDEIAS? NADA.»*


«[Sócrates é] alguém sem preparação, com pouca visão sobre o país e o mundo, que recebeu de mão beijada uma maioria absoluta»; «Portugal gosta de ter esta posição de ser uma espécie de mordomo de eventos, acolhe nos Jerónimos, na Expo, recebe muito bem as pessoas, vai buscá-las ao aeroporto... e ideias? Nada. Bom é uma opção. Decidimos ser uma empresa de eventos«; «as presidenciais são importantes, mas infelizmente não ouvi a nenhum candidato nada de relavante», «a eleição dará uma legitimidade fortíssima ao candidato que for eleito»; «espero que depois não aconteçam surpresas que não tenham sido faladas na campanha.» São frases escolhidas por mim desta entrevista de Manuel Maria Carrilho à revista Visão. Porque assino uma a uma por baixo.

*e nunca houve tanto idiota.

2 comentários:

Carlos Azevedo disse...

Apreciei, acima de tudo, o quão frontal foi nas respostas que deu - não imagino como pudesse sê-lo mais. E, não gostando particularmente de Manuel Maria Carrilho, admiro a sua inteligência e um certo remar contra a maré, que é cada vez mais raro.

Anónimo disse...

os ratos são os primeiros a fugir...