1.12.10

"UM BOM NEGÓCIO"

O sr. Madaíl, que ninguém tem coragem para "defenestrar" da vida pública, garante que "o mundial de 2018 será um bom negócio". Temos visto para onde nos arrastaram os "bons negócios" anteriores. O betão de 2004 ainda não está pago e este eterno irresponsável já quer mais. Exportem-no. Um tipo que fervilha constantemente em "ideias" deste jaez deve valer bom dinheiro numa rádio do Chávez ou numa tenda do Kadafi, dois amigos do peito do regime. Troquem-no por camelos a sério.

10 comentários:

Anónimo disse...

Boa sugestão.

Anónimo disse...

a sério, o velho poeta de alexandria era amigo do nosso regime?

Anónimo disse...

Este tipo não vale o preço da corda para o pendurar.
É lixo.
J.Mendes

Anónimo disse...

o kadhafi é que tem tenda, não o kaváfi, não me publique só - por mim até pode apagar o comentário - releia é o seu post.

Anónimo disse...

O Sr. Dr. não entende! O "Mundial" é mais uma oportunidade de negociozitos porreiros! Senão veja-se que "pelo menos a oferta de 60.000 camas de hotelaria" são necessárias (segundo a imperial e calabresa FIFA): com Espanha a fornecer 40.000 teremos nós de oferecer 20.000. Ora como só temos velhos colchões esfiapados e infestados de percevejos, teremos de renovar o 'parque hoteleiro'. Findo o Mundial sobrar-nos-ão 20.000 camas-extra. Madaíl fará a administração proxeneta deste inestimável património - qual recepcionista de camisa-de-alças-e-palito na Pensão Cabinda.

Ass.: Besta Imunda

Fado Alexandrino disse...

Ora como só temos velhos colchões esfiapados e infestados de percevejos,

Por favor criticar é salutar mas haja um bocadinho de decoro.
Bem basta os outros mandarem-nos à merda não é necessário ir voluntáriamente.

Anónimo disse...

Cada vez mais o desporto rei é, mais um braço do polvo que é a politica. Faça-se agora o balanço do Europeu- Valeu a pena? Qual foi a mais valia? Escapa-me.
Só valerá a pena se a coisa for feita como na Expo 98, para a dinamização de todo um plano urbano, das devidas interligações e do desenvolvimento da zona. Mas não tenham ideias que nuestros hermanos vão abafar a coisa...

Anónimo disse...

Quando vejo referências a "negócios" faço sempre uma associação involuntária a práticas mafiosas que, no caso, são mais que previsíveis para além da incompetência destes tipos, bastando ter presente o que aconteceu com o Euro 2004!

Anónimo disse...

No dossier de candidatura semi-Tuga existe o compromisso de Lisboa estar ligada a Madrid e ao Porto por TGV.

Logo por aqui se vê que a coisa será sempre um grande negócio.

Anónimo disse...

E a montanha pariu um rato russo.