31.7.09

A "CAUÇÃO"


Na "conversa em família" na SIC- Notícias debateu-se o famoso encontro de blogues com Sócrates. Pacheco Pereira falou em "caução" e Lobo Xavier foi pelo mesmo caminho. Pelo menos seis bloggers claramente desafectos ao PS - José Mário Silva, Rodrigo Moita de Deus, Tomás Belchior, João Maria Condeixa, Tiago Moreira Ramalho e eu próprio - estiveram lá e não consta que viessem "infectados" ou que tivessem "caucionado" o que quer que fosse. Penso que JPP e Xavier (outros talvez sim) não estavam à espera de uma cena de boxe político e de ordinarice. Depois, o José Pacheco Pereira e o "Toninho" Xavier são as derradeiras pessoas com autoridade para falar em "caução" a propósito disto. Enquanto nós estivemos quatro horas com Sócrates, eles estão o ano inteiro com o "número dois" de Sócrates, semanalmente e numa televisão, sabendo que Costa é candidato à maior câmara do país contra a coligação que integra os partidos de que ambos são militantes. Eu, pelo menos, tenho a vantagem de não ter de arremessar o cartão contra ou a favor de quem quer que seja. A enorme de não ter de "caucionar" ninguém ou de me armar em patrulheiro moral da blogosfera. Como recomendaria o meu amigo João Pedro George, tentem, finalmente, «encarar a coisa filosoficamente: «foda-se.»

18 comentários:

Anónimo disse...

Essa do "Toninho" é mesmo de beto, como o porta-voz dos outros. Eu bem digo que sois parecidos; o mais é guerra de capoeira, luta pelo tacho por vós rapado nos últimos 30 anos.
Luís Padrão

radical livre disse...

o encontro com o pm devia ter como música de fundo «once upon a time in the west (coast)» de Ennio Morricone.
em alternativa «as time goes by» de Casablanca.
para outros foi "marcia triofale" de Giuseppe Verdi

dei comigo a cantarolar Jacques Brel quando no final dos anos 50 viajava pela Bélgica com namorada ocasional
«Monique, Monique,
le ciel flamand
quand tu m'aimais (mémé)
de Bruges à Gand»
por mais que queira não consigo esquecer o passado

Anónimo disse...

Apesar de estar de acordo com o discurso do Pacheco Pereira na maioria das vezes, esta caução que ele dá ao Costa e o odiozinho ridículo ao Santana Lopes reduzem a nota que lhe dou (qual Marcelo frustrado, não consegui chegar a catedrático): leva só um 12!

Quanto ao outro, trata-se de um advogado de grandes interesses em Portugal, e só quem está distraído não nota o jogo de cintura que faz para não por em perigo o seu "ganha-pão"... Leva um 10!

PC

Anónimo disse...

Respeitinho, Dr. João Gonçalves. Respeitinho.

maria disse...

O ANÓNIMO das 8.56 já cansa tanto pela cobardia como pela falta de imaginação.............

António P. Castro disse...

Ao aceitarem a condição de lacaios da candidatura do Costa - que é o que, efectivamente, estão a ser -, JPP e ALX perderam toda a autoridade moral.
Em Setembro, prometem continuar a fazer de conta que o Costa nada tem a ver com as eleições autárquicas, em que defronta o candidato dos partidos a que eles pertencem.
Uma vergonha!

Pedro Barbosa Pinto disse...

Atenção que na "conversa em família" da SIC - Pacheco/Toninho/Costa -, os dois primeiros fazem exactamente o que fez Sócrates/Apaniguados com os seis desafectos ao PS, isto é, jogam em casa, escolheram o adversário e, pelo sim pelo não, jogam em superioridade numérica.
É verdade que Pacheco/Toninho parecem sofrer do síndrome Sporting, mas isso são contas doutro rosário.

Anónimo disse...

Ó Maria, lembra-te disto: cá em casa só o Bom Petisco!

Anónimo das 8:56 AM

Anónimo disse...

Eu acho graça ao anónimo das 8.56,é assim uma espécie de vírgula que todos esperamos.
Sentido de humor,olá se não é preciso...

João Sousa disse...

Essa de se armar em patrulheiro moral da blogosfera não a esperava de si. Estamos sempre a aprender... Quase que parece que teve mesmo um efeito viral esse encontro.

Mani Pulite disse...

Não podemos morder a mão que nos dá de comer,sempre ouvi dizer.Os Costas são patrocinados pelo Padrinho Balsemão desde há muito.Os outros lá fazem como podem a quadratura do circulo para continuarem a ter acesso à Caixa de Esmolas do Padrinho.A coluna vertebral sofre mas o estômago anda contentinho.

Anónimo disse...

É a 1.ª vez que por aqui passo.
Uma pergunta Dr. Jorge Gonçalves!
Afinal, V/Ex.ª e os restantes, FORAM LÁ FAZER O QUÊ.

João Gonçalves disse...

Quem é o dr. Jorge Gonçalves? Eu fui, segundo o dr. Pacheco e a infindável corte de anónimos e menos anónimos que de repente passaram a tresler o que aqui se escreve, aos gambuzinos. Os outros não sei. Esclarecido?

Anónimo disse...

Perdão.
Queria dizer dr. João Gonçalves.
Não, não estou esclarecido.
Não queria saber o que V/Exª lá foi fazer segundo o dr. Pacheco; queria, simplesmente, saber os motivos que o levaram a ir passar aquele tempo com José Sócrates. Sejam eles quais forem, são seus, e são respeitáveis. A não ser que não se sinta "à vontade" para partilhar connosco essas suas motivações.

Quanto às motivações do sr. José Sócrates para se encontrar com V/Ex.as, essas já todos nós sabemos quais foram. Não precisamos de "timoneiros clarificadores".

Obrigado pela atenção e pela partilha das sua motivações, caso se digne fazê-lo.

Anónimo disse...

Mas agora é preciso motivações para ter um encontro com o primeiro ministro? Olha-me que esta? Ir lá fazer uma peixeirada, isso sim, era interessante. Eu esperava isso. Gostava que tivesse acontecido. Toda a gente que lá foi gostaria que tivesse acontecido, acho eu. Não aconteceu. A imagem que passou: "O homem até se encontra com bloggers". Reatou a amizade fictícia perante a grande maioria eleitoral "não-blogger", causou tumulto na blogosfera e tornou bloggers habitualmente insuspeitos um alvo de ataque e crítica. Ganhou ele, claro.

Atirar-lhe uma tarte à cara era óptimo. A ele e ao Paulo Querido. Isso sim, eram óptimos motivos para não ter existido transmissão em directo.

Até imagino a capa do Público do dia seguinte: "Bloggers atiram tarte à cara de Sócrates". Isso sim, pá. Era porreiro.

Karocha disse...

Esse tipo de peixeiradas são feitas no Reino Unido!
O JG, foi enganado, como muitas pessoas neste Pais o foram...
Quanto ao Anónimo do respeitinho, não é humor é má educação.

maria disse...

subscrevo totlmente o comentário anterior. Esperemos que o "ANÓNIMO" adquira educação ou vá de férias.........

www.angeloochoa.net disse...

Não anónimo, jamais anónimo, mas Angelo Ochoa, sem fuga ao fisco, nem más consciências lhe digo, João, ou Dr João, meio a rir meio a pensar, como de meu timbre cristão:
Certamente que leu (na Sábado) a infeliz comparação de Pacheco P de Sócrates a Menino Jesus e de bloggeras (que que também o é (ou era) que mete todos anónimos ou sociedade anónima e legítimos ou assumidos hortónomos a DOUTORES DA ANTIGA LEI...
Pois amigo se ele PP que que prezo tal como JG (julgo eu) preza, agora armado, como muito bem diz, e não lhe vem só de agora esse tiue de pôr-se acima dos comesinhos com, em «patrulheiro moral da bogosfera...» JPP foi muito infeliz nessa sua comparação, infelicíssimo.
Nem o estupidez natural sócrates noutro seu post vãmente aconcelha a ler os clássicos gregos, ele do plástico português, mais barato, a O'Neill..., pois nem João Gonçalves, nem Anabela Magalhães, nem Joaquim Carlos, nem Helder Barros, nem Ricardo Pinto, e só falo dos que «conheço» cabem nesse saco de «videirinhos...» Termino com o Cristo da Cruz no dizer poético de Sophia »perdoai-lhes que «eles, e ele o José Pacheco Pereira, sabem, e ele tambem sabe, o que fazem!»
Lhe posto em past meu comment a sábado e link da versão on line de seguida:
31 de Julho 2009 - 21:31

angelo ochoa
Que «lição» deu «menino Sócrates» aos drs, que tanto impressionou jpp, além da sua «estupidez natural»? E bloggers são todos videirinhos? Mais tino nas analogias não ficaria mal a jpp também blogger. Só se a melhor lição seja a que se dê com nosso silêncio de «douta ignorância...» Céus, se isto é sucesso vou ali e já venho, e se acontecimento político, mais político me sinto eu só porque teclo estas bagatelas ... lição entre doutores ... doutores de que escritura, caro jpp?
http://www.sabado.pt/Opiniao/Jose-Pacheco-Pereira/Socrates-entre-os-bloggers.aspx