26.5.06

ROTEIRO DE UM PORTUGAL MENOR


Seguindo o bom exemplo do Paulo Gorjão, ficam aqui umas "notas soltas":
1. O Presidente da República está "desconfortado" com a pobreza nacional e apresentou o famoso "roteiro para a inclusão". Parece-me que sou insuspeito ao perguntar se Cavaco Silva, quando se candidatou, não sabia que existia um "Portugal Menor", aliás, o único.
2. Um excelente exemplo de outro género de "Portugal Menor", entre o infantil e o débil mental.
3. Dois problemas ligados a esgotos de espécies diferentes e duas imagens maravilhosas do "Portugal Menor".
4. Quando ouço falar em "auto-estima", arrepiam-se-me os cabelos. Que o PR não inclua, por favor, o vocábulo no glossário presidencial. Em dez inconclusivos anos, o dr. Sampaio não falou nem chorou por outra coisa e o país não deixou de ser "menor" por causa disso.

11 comentários:

Mário Macedo disse...

Caro João Gonçalves,
gostei do teu post.
Mas a fotografia do Fernando (que tem um site que lhe é dedicado - http://emplastro.no.sapo.pt/)
pode ser considerada erradamente como uma ofensa para uma personagem de projecção verdadeiramente nacional.
Eu gosto de ver o Fernando a aparecer na televisão, perturbando a palhaçada que é esta mania nacional do futebol.
Eu gosto do Fernando. Pode ser um doente, mas tem piada.
Ultimamente, não o tenho visto a aparecer. O teu post fez-me pensar no que lhe terá acontecido.
Espero que não tenha sido internado. Portugal ficava mais pobre. E ele sofreria (mais?) com isso.

Dentro da sua loucura, não gostas também do Fernando?

Anónimo disse...

a referência ao Rock in Rio parece-me, no mínimo, estúpida...

Indignação disse...

Protesto ANTI SPORT TV.

Pelo direito a ver os jogos do Mundial onde bem nos der na galheta!

http://sporttv-ao-fundo.blogspot.com

ruy disse...

excelente post!

marta r disse...

Essa foto do Emplastro está desactualizada. O rapaz já tem dentes. Já não representa o Portugal Menor mas sim o Portugal Remendado.

Cãocompulgas disse...

Portugal não é menor. A menoridade reside nas pessoas que julgam ser maiores!

Anónimo disse...

A alternativa é, pois...
A crítica é útil mas, só por si, não muda o seu objecto, apenas lhe dá ênfase.

luikki disse...

uma foto do pr ilustraria melhor o texto!
teria tanto de infantil como de debilidade.....

Anónimo disse...

Mas que diabo andou ele a fazer quando foi Primeiro-Ministro?

manu disse...

acho ke ficava melhor uma foto do valentim loureiro.

Pedro R. disse...

Caro João,

acho curiosa a forma como num espaço tão curto de tempo passou de acérrimo defensor e apoiante do Prof. Cavaco Silva, o tal do Portugal Maior, a crítico feroz da agenda do Presidente.

Ou tem memória muito curta ou tem memória selectiva. Num caso ou noutro é interessante ver como esqueceu as caminhadas de bandeira às costas (figurativamente falando) que fez durante o período eleitoral.

Para um homem da sua inteligência, é estranho ver como rapidamente mudou de opinião. A razão para essa disparidade de sentimentos é-me desconhecida mas não lhe fica nada bem.

Se quer ser levado a sério, João Gonçalves, o melhor mesmo é apagar o que escreveu durante a campanha. Uma curta revista pelos seus arquivos é suficiente para perceber que em três meses a sua desilusão com o actual Presidente é, no mínimo, triste, para não dizer precipitada.